Domingo, 30 de Agosto de 2009

Adeus...

Podia escrever milhentas coisas aqui hoje... apenas vou dizer adeus... Qual música do Fernando Tordo, adeus tristeza...

 

Para mim este blog já não faz sentido, pelo menos continuá-lo, nem está actualizado. Mantenho todos os posts, e não retiro uma palavra... mas acabou. Agradeço a todos os que me ajudaram, estarão sempre comigo. Mas acabou...

 

Talvez começar um novo blog... talvez... Mas este não. É altura de avançar. E o meu futuro há-de ser o que eu quiser...!

 

 

Obrigada

sinto-me: Moving on...
tags:
publicado por incompreendida às 14:16
link do post | Tenta compreender | favorito
|
Terça-feira, 24 de Fevereiro de 2009

AMIGOS

Precisamos sempre de saber que gostam de nós. Precisamos de nos sentir apreciados. Esta imagem fez parte de um exercicio numa aula há muito tempo atrás. E apesar da distância a que se situa, continua actual... Fez-me chorar hoje, porque sinto saudades desse tempo... Sinto saudades de me sentir bem. Inclui frases positivas que os meus amigos escreveram sobre mim. E hoje precisava disso...

 

Apesar de as circunstâncias não permitirem uma aproximação tão grande nesta altura, gosto de vocês. Ainda fazem parte da minha vida e tenho saudades vossas... Crescemos durante dois anos, todos juntos. Agora cada um tem a sua vida. E nessa vida, um bocadinho de todos nós.

 

Foram um apoio numa altura difícil da minha vida, apesar de nem saberem pelo que estava a passar. E apesar dos tempos não terem sido os melhores, tive apoio emocional da vossa parte. Era um alivio estar convosco. Podia confiar. Nunca me fizeram sentir  excluída. Nunca ignoraram o que eu pudesse dizer. Foram AMIGOS, e não só colegas. Cada momento que passei com vocês deixou-me mais rica e preenchida. Obrigada.

 

sinto-me:
publicado por incompreendida às 21:27
link do post | Tenta compreender | Ver o arco-íris. (2) | favorito
|
Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2009

Obrigada

Porque é preciso agradecer a quem nos ajuda... E sem ti neste momento estava totalmente perdida... Por isso obrigada por teres sido minha amiga.

sinto-me:
tags:
publicado por incompreendida às 21:14
link do post | Tenta compreender | favorito
|
Segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2009

(des)Culpa

Quem é que nunca se sentiu culpado... penso que todos, inevitavelmente. A culpa vem quando fazemos algo que prejudica alguém ou alguma coisa, e sabemos que podia ter sido evitado... Sabemos que se fizessemos de outra forma esse alguém ou essa coisa não ia sofrer com as nossas acções... Talvez se não tivessemos pensado tanto em nós, e não tivessemos sido tão egoístas, as coisas se resolvessem de maneira diferente.

 

E quando é que devemos pensar primeiro em nós? Sempre, claro! Mas a seguir devemos pensar nos outros e nos que sofrem por nós... E pensar também que os nossos actos têm consequências nas outras pessoas... Pensar em nós, claro... Mas pensar em nós também implica não termos a consciência pesada, e magoando os outros que sabemos que nos querem bem, magoamos também a nossa consciência (para quem a tem... evidente...)

 

 

Para ti, e só para ti... Neste momento és a única pessoa a quem eu acho que merece que lhe peça desculpa... Se algum dia leres isto, percebes que é para ti... Magoei a minha consciência ao ter-te magoado... Na altura pareceu-me a decisão correcta, não andava muito bem, mas isso não é desculpa. Podia ter arranjado uma solução que não te magoasse e me permitisse viver descansada. As minhas actitudes não foram com a intenção de te magoar, embora soubesse que seria uma das consequências... Podia ter arranjado outra forma! Eu sei que doeu... Por isso desculpa.

tags: ,
publicado por incompreendida às 19:28
link do post | Tenta compreender | favorito
|
Domingo, 15 de Fevereiro de 2009

Desafio...

Respondendo a este desafio...

 

 

1: Publicar uma foto pessoal

 


2: Escolher uma banda ou um cantor
Queen... entre outras. Vá U2...

3: Responder a algumas perguntas com títulos de músicas ou nomes de cantores e/ou bandas (usando como resposta apenas músicas/cantores/bandas de que gosto):

a) És homem ou mulher?
Space - Female Of The Species

b) Descreve-te:

(hoje..)
Elliot Smith - Miss Misery
Gloria Gaynor - I Will Survive

c) O que as pessoas acham de ti:
Chris Cornell - Cant Change Me
Gnarls Barkley - Smiley Faces

d) Como descreves o teu ultimo relacionamento?
Green Day - Boulevard Of Broken Dreams

e) Descreve o teu estado actual com a teu namorado/companheiro ou parceiro ou whatever?
U2 - All I Want Is You

f) Onde querias estar agora?
Guns N Roses - Paradise City

g) O que pensas a respeito do amor?
Alladin OST - A whole new world


h) O que pedirias se se pudesses ter só um desejo?
PJ Harvey - Good Fortune

 

 

Não desafio ninguém... se quiserem, são livres de responder...
 

tags:
publicado por incompreendida às 01:20
link do post | Tenta compreender | Ver o arco-íris. (1) | favorito
|
Sábado, 14 de Fevereiro de 2009

You made my day...

Ontem, mesmo sem saberes, deste-me uma felicidade enorme! Para ti não foi nada, aliás... deve ter sido insignificante! E vendo bem, até eu acho que não foi nada de mais! Mas o dia não estava a ser o melhor... e isso alegrou-me bastante...!

 

Obrigada C., you made my day...!

sinto-me:
publicado por incompreendida às 12:39
link do post | Tenta compreender | favorito
|
Sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2009

Decisão

Hoje tomei uma decisão importante... Estou com medo das consequências, mas agora já está... Não sei se vai correr bem, se vai correr mal, como vão ser estes dias de agora para a frente... não sei... Sinceramente espero que mude, e para melhor...

sinto-me:
publicado por incompreendida às 13:31
link do post | Tenta compreender | Ver o arco-íris. (4) | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Fevereiro de 2009

Os problemas e a matemática

 

 

 

 

A maioria de nós tenta fugir e esconder bem fundo os seus problemas. Não falamos deles. Não tocamos no assunto. Fingimos que nem sequer existem para ver se desaparecem sozinhos.

 

Também costumava ser assim... Agora, a pouco e pouco, estou a aperceber-me que não é a melhor decisão... Se não os discutirmos, se não os tentarmos resolver da melhor forma, eles vão estar sempre lá. Sim, talvez escondidos, talvez camuflados, podemos não os ver até, e esquecermo-nos deles por algum tempo. Mas não se vão embora...

 

Nunca vamos conseguir resolver um exercício de matemática se o escondermos debaixo da mesa e não estudarmos a solução. Não o vemos, e perdem-se na nossa memória. E no entanto ele continua lá, por resolver... 

sinto-me: geek...
publicado por incompreendida às 21:06
link do post | Tenta compreender | favorito
|
Domingo, 1 de Fevereiro de 2009

O Horror de Conhecer

 

                             V

 

Só a inocência e a ignorância são

Felizes e não o sabem. São-no ou não?

Que é ser sem o saber? Ser, como uma pedra,

Um lugar, nada mais.

  

                                                Fernando Pessoa

 

 

publicado por incompreendida às 19:56
link do post | Tenta compreender | favorito
|

As verdadeiras declarações de amor

 

As melhores declarações de amor nao sao ditas, fazem-se sentir... Não são grandes poemas ou grandes discursos. São actos... podem fazer-se todos os dias. E a maior parte das vezes passam despercebidas para quem as dirigimos. Daí vêm as desilusões... Mas não vou falar delas. Só das verdadeiras declarações de amor.

 

As melhores são aquelas que ninguém descobre. O que fazemos para que certa coisa aconteça, os sacrificios que implica, os nossos planos, o tempo que perdemos, o dinheiro que gastamos. E não nos arrependemos de nada. Nem sequer pensamos nas adversidades. Para nós foram só uma parte pequenina, quase insignificante, para o que se há-de seguir. E repetíamos tudo outra vez, só para ver a reação do destinatário. Só para podermos passar tempo com essa pessoa. Essas declarações são para nos apercebemos do quanto gostamos de alguém. O outro lado sente-as. Se algum dia as descobrir, aí entende o quanto fizeram por si.

 

 

 

Não arranjamos  desculpas para faltar a um encontro. Fazemos tudo para ir. Deixamos de lado aquele trabalho importante que temos de entregar no dia a seguir. Só faltamos em caso de morte...

O tempo que passamos a conversar pela noite dentro, já com os olhos vermelhos, quando no outro dia temos de nos levantar cedo.

O lanche que pagamos apenas para partilhar mais algum tempo com alguém especial.

A prenda que compramos em nenhuma data particular e nos custou mais do que podiamos dar, só porque queremos fazer alguem feliz...

 

 

 

Só quem gosta é que me percebe. Só quem ama é que conhece as verdadeiras declarações de amor. Quem vive centrado em si mesmo não faz ideia do que falo.

sinto-me:
publicado por incompreendida às 19:46
link do post | Tenta compreender | Ver o arco-íris. (4) | favorito
|

.Mais sobre mim... ou não.

.Para encontrar o que está perdido... escreve em baixo.

 

.Agosto 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

31


.O sol que por aqui anda

. Adeus...

. AMIGOS

. Obrigada

. (des)Culpa

. Desafio...

. You made my day...

. Decisão

. Os problemas e a matemáti...

. O Horror de Conhecer

. As verdadeiras declaraçõe...

.A chuva que já passou

. Agosto 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds